Preço do gás dispara na Europa após explosão na Áustria

Fonte: https://www.rtp.pt/noticias/economia/preco-do-gas-dispara-na-europa-apos-explosao-na-austria_n1045960

 

Uma explosão seguida de um enorme incêndio abalou esta terça-feira de manhã um dos maiores terminais de gás regionais do centro da Europa, localizado em Baumgarten, Áustria, perto da fronteira com a Eslováquia. Uma pessoa morreu e duas dezenas ficaram feridas no incidente.

A Gas Connect Áustria, filial com 51 por cento do grupo austríaco de energia, OMV, responsável pelas operações em Baumgarten, atribuiu num primeiro momento a explosão a uma "falha técnica". A polícia fala em 'acidente'. Baumgarten é um dos maiores nódulos regionais de transformação e redistribuição de gás natural na Europa. Recebe-o de países tão distantes como a Rússia e a Noruega e distribui-o para destinos como a Alemanha, que o reenvia para vários países do ocidente europeu, e a Itália.

A empresa afirmou que os gasodutos que fornecem gás aos países fronteiriços a sul e a sudoeste - como a Hungria, a Eslovénia e a Croácia, além de Itália - foram encerrados após a explosão e incêndio, e o fornecimento suspenso. 

A empresa afirma contudo que o fornecimento à Europa, via Alemanha, não foi afetado.

A Gas Connect Austria declarou o incêndio extinto ao fim de quase cinco horas e referiu que as autoridades austríacas vão fazer uma inspeção aos estragos em Baumgarten com caráter de urgência. O fornecimento será retomado com a maior brevidade possível, acrescentou.
Preço do gás dispara
O fornecimento de gás a diversos países europeus pode estar em risco. 

Os mercados de energia, já nervosos com várias falhas em reatores nucleares e interrupções em infraestruturas de gás, além do encerramento do gasoduto Forties no Mar do Norte, reagiram de imediato perante a perspetiva de queda no fornecimento de gás em pleno inverno.

Na Grã-Bretanha, o preço do gás de entrega imediata disparou, subindo 40 por cento para níveis de 2013. Em Itália, o preço de energia por atacado do dia anterior bateu todos os recordes ao subir 150 por cento, para 60 euros por megawatt-hora.

O porta-voz a UK National Grid, a distribuidora energética britânica, veio mesmo  garantir ao público que existem reservas suficientes para responder à procura, comprovando o nível de de preocupação com a falha em Baumgarten. 

Foto: Reuters
Reservas
O analista da Wood Mackenzie, Massimo Di-Odardo, acredita contudo que as reservas existentes são suficientes para enfrentar eventuais dificuldades para já. 

"No entanto, se o fornecimento não for retomado rapidamente e o tempo frio continuar, os preços irão continuar elevados ao longo do inverno", acrescentou. 

"Poderemos assistir a alguma competição entre a Europa e a Ásia para atrair o LNG (gás liquefeito distribuído por via marítima), este inverno", admitiu ainda.

A russa Gazprom Export, uma das maiores fornecedoras de gás da Europa, anunciou entretanto que está a trabalhar para redirecionar um fluxo de gás ininterrupto para os clientes afetados. 
Estado de emergência em Itália
Roma, o maior cliente de Baumgarten, declarou o estado de emergência, com o ministro italiano para a Indústria a considerar o corte do fornecimento de gás como um problema "sério". O estado de emergência irá permitir ao Governo italiano acionar os meios necessários para pedir a centrais de carvão e de combustível para aumentarem a sua produção como medida extraordinária.

O grupo Snam, responsável pela distribuição de gás em Itália, mostrou-se mais otimista e confiante no regresso rápido da normalidade no fornecimento de gás. 

"Com base nas informações até agora, o fornecimento deverá ser reposto ainda hoje, se se confirmarem os primeiros relatórios de que a infraestrutura de transporte não foi afetada", declarou.
"Estragos importantes"
O terminal de Baumgarten foi inaugurado em 1959 e tem uma capacidade anual de 40 mil milhões de metros cúbicos, o que faz dele um dos principais centros de gás da Europa central. 



Neste período do ano trata seis milhões de metros cúbicos de gás por hora, de acordo com a Gas Connect Austria.

A explosão provocou "estragos importantes", admitiu à Agência France Presse, AFP, Armin Teichert, o porta-voz da Gas Connect Austria.

O terminal, que emprega 50 pessoas e trabalhadores externos, foi evacuado e colocado em "modo segurança". A Gas Connect Áustria relatou o sucedido num comunicado.

"Deu-se uma explosão esta manhã antes das 09h00 (08h00 GMT) nos terrenos de Baumgarten Natural Gas Station," afirmou. "A explosão provocou um incêndio grave que foi controlado e repartido em diversos incêndios mais pequenos", acrescentou.
Chamas e fumo vistos a quilómetros
A polícia refere que a causa foi acidental e ocorreu às 08h45 (07h45 GMT). As imagens captadas após o incidente mostraram enormes chamas e colunas de fumo sobre o terminal, visíveis a vários quilómetros e que perduraram várias horas. 

Media player poster frame
 
 
00:00
 
00:00
 
 
Share

Perto do local viram-se depois as carcaças incineradas de vários veículos, algumas das quais pareciam ter fundido.

"Ouvi uma enorme explosão e ao princípio pensei que tinha sido um acidente de avião. Depois, vi uma imensa massa de chamas", disse à AFP Thomas Hulik, um fotógrafo que mora numa aldeia eslovaca vizinha do terminal. Cerca de 200 operacionais, incluindo bombeiros e polícias, prestaram socorro aos feridos apanhados na explosão, 18 de acordo com os bombeiros, 21 de acordo com a polícia, um deles em estado grave. Entre os feridos ligeiros encontram-se "empregados de empreiteiros de seis países" além da Áustria.

A empresa mantém que apenas uma área de 100 por 100 metros foi afetada pelo incidente, num terminal que abrange 17 hectares. Não revelou contudo a importância dessa localização nem quanto tempo irá levar a recuperar o funcionamento.

Eustream, o operador de gasodutos da Eslováquia, confirmou já a suspensão do trânsito de gás vindo da Áustria. 

A Ucrânia, que procura comprar gás à Europa através da Eslováquia para diminuir a sua dependência do gás vindo da Rússia, admite também vir a ser afetada no fornecimento embora a nível reduzido e deverá recorrer a reservas para compensar as perdas.
 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.